Blog Indikatore

Implantação do sistema de Supply Chain: o que poucos sabem!

Confira os conteúdos que separamos para você, desejamos uma boa leitura!

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook

A área de Supply Chain tem uma enorme relevância dentro da companhia pois é responsável pela gestão de toda a cadeia de suprimentos fazendo interface com as diversas áreas de negócio. Vamos pegar como exemplo uma rede de supermercados com 10 lojas e 1 Centro de Distribuição. Todo o processo que envolva a logística do produto Café a Vácuo XPTO 500g desde a agenda de compras deste fornecedoremissão do pedido, a entrega do fornecedor, o recebimento no Centro de Distribuição, a geração de transferência de reposição, a separação da mercadoria, o recebimento na loja… Tudo isso está compreendido no escopo do Supply Chain. Mas como sabemos, um supermercado tem milhares de produtos e realizar a gestão de cada produto neste nível envolve um grande volume de dados bem como uma visão neutra do negócio buscando sempre o melhor para a companhia. 

Na era em que vivemos somos surpreendidos diariamente por novas tecnologias que afetam diretamente e indiretamente nossas experiências sociais, corporativas e de consumoMuitas tarefas que a meses atrás eram manuais hoje já são automáticas. As pessoas estão deixando a automatização desempenhar seu papel para investirem seu tempo de forma mais inteligente, pensando em novas estratégias e desenvolvendo sua criatividade e inovação. Um exemplo disto é um sistema de Supply Chain: Sabemos que é humanamente impossível acompanhar todos os produtos em todas as lojas todos os dias e proporcionar o produto certo na quantidade certa no lugar certo na hora certa, e, obviamente, conforme a empresa cresce essa dificuldade aumenta. Com isso toda esta complexidade de cálculos é delegada para um sistema e os profissionais focam em estratégias de compras, oportunidades, ações, atendimento ao consumidor e outros pontos que tornarão seu negócio diferenciado perante a concorrência.  

Visto a relevância do Supply Chain dentro das organizações podemos classificar a implementação de um sistema de Supply Chain como algo delicado ou até ousado. É necessário atuar com a gestão da mudança em diversas áreas de forma simultânea e ainda realizar uma transição que não afete negativamente a operação da empresa.

Assertividade na equipe do projeto de implementação

Em muitas situações ficam evidentes diversas quebras de paradigmas e conceitos que inicialmente geram dúvida quanto a eficácia (sensação de que aqui isto não funciona). Para tal, é necessário que esta nova metodologia seja analisada, discutida e implementada de forma cautelosa até que a mesma esteja consolidada no cotidiano da companhia. Para tornar isto possível operacionalmente é extremamente importante uma definição assertiva na equipe do projeto de implementação. 

O Comitê do Projeto deve ser formado por responsáveis pelas Diretrizes e Estratégias do Projeto (Gerentes de Projeto, Patrocinadores, Donos do Projeto, Gerentes de Área, Diretores…). Estas pessoas tem o papel de direcionar a operação do projeto sobre as estratégias que serão adotadas bem como atuar em eventuais restrições durante o decorrer do projeto. 

Para formar o time de Operação do projeto, tendo várias áreas envolvidas (Supply, CD, Lojas, T.I e Comercial) é de extrema importância termos os usuários chave (Key Usersde cada área definidos. Estes usuários chave tem como responsabilidade a contribuição e validação técnica de sua área de negócio para garantir a operacionalização das diretrizes definidas pelo comitê do projeto. Cada Key User atua como um facilitador dentro do time do projeto (identificando restrições, melhorias, pontos de atenção, dificuldades e atuando como multiplicador). 

Num contexto geral teremos uma equipe de Key Users multidisciplinar que abrangerá todas as áreas envolvidas no desenvolvimento do projeto (Supply, CD, Lojas, T.I e Comercial) trabalhando de forma colaborativa para um mesmo ideal: Alcançar o objetivo do projeto definido pelo Comitê de Projeto. 

É importante a participação de uma consultoria na implementação do sistema de Supply Chain

Outro ponto relevante na implementação de um sistema de Supply Chain é a participação de uma consultoria / assessoria formada por profissionais com conhecimento específico nos processos de negócio e boas práticas de mercado bem como a exploração de todos os benefícios possíveis com o sistema adquirido. Isso permitirá uma maior eficácia nas premissas adotadas permitindo a perpetuidade dos ganhos 

Aqui na Indikatore, acreditamos que soluções tecnológicas devem caminhar juntas a um suporte eficaz e facilitado, por isso nossos consultores atuam em um modelo de treinamento nos moldes de coaching. Nossa maior estratégia, é estar sempre ao seu lado, auxiliando a sua equipe, sanando todas as dúvidas e transferindo conhecimentos durante toda a parceria. Ofertando assim, um suporte de ponta, de extrema exclusividade. 

Se a sua empresa precisa de soluções para a gestão da sua cadeia de abastecimento e demanda, associada a uma consultoria humanizada e especialista, entre em contato conosco e saiba mais! 

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook

Quer saber mais?

Fale com um especialista na Indikatore. Nós temos soluções que atendem a cadeia de suprimentos de ponta a ponta.

E-book Grátis

A tecnologia que você precisa conhecer para otimizar a operação do seu varejo

Social Media

Obtenha as últimas atualizações

Assine nossa Newsletter

Sem spam, notificações apenas sobre novos produtos, atualizações.

Conteúdos relacionados...