Blog Indikatore

Como usar a tecnologia para diminuir o excesso de estoque?

Confira os conteúdos que separamos para você, desejamos uma boa leitura!

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
tecnologia-para-diminuir-excesso-de-estoque

Quando falamos em excesso, tanto grandes como pequenas empresas buscam meios de evitar esse problema.

Conseguir diminuir o excesso de estoque traz reflexos financeiros diretos, que são bem vindos para quem deseja melhorar a saúde financeira do negócio.

Atingir esse resultado não é uma tarefa fácil. É preciso manter um equilíbrio de estoque para não deixar de atender às necessidades dos shoppers quando buscam por um item na gôndola.

Por essa razão, manter um estoque enxuto é um dos maiores desafios para o varejo.

Neste artigo trazemos a solução para esse obstáculo: a tecnologia. Continue a leitura para entender a fundo o que o seu negócio precisa para combater o excesso de estoque.

Excesso-de-estoque-varejo-cadeia-de-suprimentos-1

Entenda o problema

Como dito, é fato que o estoque em excesso é uma barreira importante a ser superada pelas redes varejistas.

Ter grandes volumes de estoque parado sem giro é sinônimo de capital imobilizado.

Para uma empresa que precisa de fluxo e de caixa, esse não é um bom cenário.

O ideal, portanto, é saber a quantia exata que se deve comprar de cada mercadoria para atender precisamente a demanda dos consumidores. Somente assim, é possível diminuir o excesso de estoque.

Para conseguir chegar nesse ponto de equilíbrio, um bom controle de estoque é essencial.

Com o gerenciamento correto, seus produtos não ficarão estagnados, incorrendo em custos de armazenamento.

Para um bom gestor de Supply Chain, diminuir o excesso de estoque deve ser uma das estratégias em seu radar.

Quando bem executada, essa ação pode evitar perdas, custos e retrabalho para o seu time no Centro de Distribuição.

Além disso, manter um controle de estoque permite com que o seu varejo trabalhe com os fornecedores para otimizar todo o processo.

Um relacionamento mais próximo com esses parceiros de negócio facilita a gestão dos produtos na Cadeia de Suprimentos, e a elaboração relatórios gerenciais mais precisos.

Excesso-de-estoque-varejo-cadeia-de-suprimentos-2

Práticas para diminuir o excesso de estoque

Existem algumas boas práticas usadas para evitar o excesso de estoque e melhorar a qualidade das operações do varejo.

Execute um inventário periódico

Adotá-la irá ajudar no controle e no sucesso do gerenciamento de estoque do seu varejo.

Essa atividade consiste em fazer uma listagem completa do estoque, com o objetivo registrar todos os itens armazenados.

Nessa listagem é feita a identificação, classificação e contagem de toda mercadoria que está presente no Centro de Distribuição.

Um fator muito importante dessa etapa, é a compatibilidade do estoque físico com o estoque contábil. É comum que sejam identificados erros que apontem alguma eventual incompatibilidade.

Nesses casos, é crítico que isso seja corrigido e revisado ciclicamente, para evitar futuras inconsistências.

Ao realizar de forma contínua essa atividade, seu varejo terá um controle muito maior sob o estoque.

Baseie as decisões da Cadeia de Suprimentos em dados do sell-out

A maneira mais assertiva e segura de tomar decisões tanto de compra, quanto de distribuição, na operação varejista, é a partir do comportamento de venda de cada item.

Ou seja, é a demanda real, do consumo diário dos shoppers, que deve orientar o varejo quanto aos volumes necessários de estoque.

Esses dados de venda ao consumidor final representam o que chamamos por sell-out.

Nesse sentido, a tecnologia é uma peça fundamental para conseguir avaliar esse grande volume de dados, conhecido por Big Data.

s algoritmos de Previsão de Vendas avaliam a realidade de vendas de cada SKU (Cada produto em cada loja, de forma individual) a cada dia da semana.

Com isso, a quantidade ideal de cada SKU que deve ser mantida em estoque é calculada conforme o seu perfil de vendas. 

Ter controle dos itens que você já possui te permite trabalhar com ações estratégicas dentro das lojas para incentivar os consumidores a adquirirem aqueles de menor giro, ou os que já estão próximos do vencimento.

Períodos de ofertas especiais e divulgação de itens específicos ajudam a impulsionar as vendas e possibilitam que haja um melhor fluxo de caixa.

No entanto, para atingir o resultado desejado, esse tipo de ação requer um excelente planejamento prévio.

Durante momentos de promoção, é esperado que ocorram picos na demanda.

Por isso, o que não pode ocorrer é a indisponibilidade de itens em gôndola, principalmente quando o intuito daquela promoção é justamente escoar produtos que estão parados, e diminuir o excesso de estoque.

Portanto, a melhor forma de prevenir que esse tipo de incidente aconteça, é recorrendo à tecnologia preditiva.

Excesso-de-estoque-varejo-cadeia-de-suprimentos-3

Usando a tecnologia a favor dos negócios

Com o apoio de um software especialista em Supply Chain como o Indikatore SCM, é possível estimar com exatidão a demanda prevista nessas situações onde o consumo histórico padrão não pode ser usado como base.

Para conseguir atingir resultados precisos, nossa plataforma faz uso da tecnologia usada na indústria 4.0, a Inteligência Artificial. Mais especificamente, a vertente usada pelo sistema é a Machine Learning.

Esses dados preditivos são alcançados uma vez que o sistema roda 14 variáveis externas e internas ao seu negócio, com uma capacidade de processamento muito maior que outros tipos de tecnologia conseguiriam atingir.

Dentro do varejo, tecnologia deve ser usada exatamente para esse tipo de finalidade.

Ela é um meio de diminuir margens de erro, e entregar resultados cada vez melhores em diversas áreas da empresa, como nesse caso, no Supply Chain.

Isso permite com que você crie vantagens competitivas que te diferenciam da concorrência e te colocam à frente no mercado.

Outra forma de diminuir o excesso de estoque, é através da padronização de processos.

Isso significa criar um processo que garanta a precisão do estoque físico em relação ao estoque contábil.

Ou seja, por meio da padronização de processos, a execução do inventário – mencionada acima – vai se tornando uma atividade a prova de falhas.

Com isso, aumenta a qualidade da informação do estoque, e os dados podem ser analisados e utilizados para a tomada de decisão.

Esses dados também auxiliam na alocação e treinamento das equipes envolvidas, a fim de alcançar o melhor comprometimento com os resultados.

Para ter sucesso na padronização de processos, e conseguir diminuir o excesso de estoque, automatizar é o melhor caminho.

Nós temos um post no blog que trata exatamente dos benefícios da automatização de processos no varejo.

Acima de tudo, quando se trata de diminuir o excesso de estoque, a principal dica é fazer uma boa compra.

Isso porque o processo começa muito antes do armazenamento. Por essa razão, é importante avaliar sua taxa de giro de estoque e usar a curva ABC para classificar seus produtos nesta base.

Dessa forma, você consegue determinar quais produtos não podem ser perdidos, e até mesmo quais produtos não precisam ser comprados nesse momento.

A tecnologia vem ocupando cada vez mais um lugar de protagonismo no varejo.

Nesse momento em que vivemos, gerenciar o estoque sem o uso da tecnologia, além de ser contra-produtivo, significa estar um passo atrás da concorrência.

Hoje, existem ferramentas cada vez mais eficientes para o varejo, e os benefícios que elas trazem para a Cadeia de Suprimentos são muitos.

Dentre as soluções de Supply Chain oferecidas pelo Indikatore SCM que conseguem, por exemplo, monitorar dados de grandes e pequenos varejos, entregando informações de estoque e vendas. 

A aplicação da tecnologia nesse contexto traz mais dinamismo e controle sobre os processos.

Além disso, a tecnologia permite aos gestores encontrar falhas e acertos na cadeia produtiva, auxiliando a tomada de decisões.

O resultado disso é a redução de custos operacionais, crescimento da qualidade, aumento da competitividade do produto e criação de valor agregado e diferenciais em relação à concorrência.

Por fim, o somatório de todas essas dicas e o uso de sistemas confiáveis que utilizam tecnologia de ponta são a melhor forma para colocar em prática ações que proporcionem ao seu varejo a garantia de um bom resultado.

Se você deseja diminuir o excesso de estoque do seu negócio, experimente realizar essas mudanças hoje mesmo.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook

Quer saber mais?

Fale com um especialista na Indikatore. Nós temos soluções que atendem a cadeia de suprimentos de ponta a ponta.

Social Media

Obtenha as últimas atualizações

Assine nossa Newsletter

Sem spam, notificações apenas sobre novos produtos, atualizações.

evitar-ruptura-de-estoque-4

infográfico informativo

5 melhores práticas para evitar a ruptura de estoque

Conteúdos relacionados...